Com Ivete Sangalo na torcida, Vitória só empata com o Ceará mas garante acesso à série A

sábado, 24 de novembro de 2012


Ivete Sangalo foi ao Barradão neste sábado para reforçar a torcida do Vitória na busca pelo acesso à série A do Campeonato Brasileiro. Torcedora fanática, a cantora foi ao vestiário conversar com a equipe rubro-negra e incentivar os jogadores, que, durante a semana, apelaram para a religiosidade e visitaram a Igreja do Senhor do Bonfim para buscar ajuda para dar a volta por cima na série B. Os reforços funcionaram e o Vitória conquistou o acesso à elite do futebol brasileiro após empatar com o Ceará por 1 a 1.

Mas não foi só a religiosidade e a ilustre presença na torcida que ajudaram o Vitória a se recuperar na competição - de candidato ao título o time baiano passou para o quarto lugar no campeonato e trocou de técnico duas vezes nos últimos dois meses. Logo no início do jogo, a equipe baiana partiu para o ataque, pressionando o Ceará. E, com apenas 15 segundos de jogo, Willie saiu na cara de Diónantan, driblou o goleiro, mas foi derrubado.  Os jogadores do Vitória pediram pênalti, mas o árbitro Sandro Meira Ricci disse que não houve nada.

Tanta vontade alvirrubra transformou-se em ansiedade e os jogadores construíram três jogadas de impedimento em menos de 10 minutos e erraram outros tantos chutes a gol.

Aos 13 minutos Dinei perdeu uma grande chance de abrir o placar no Barradão. O camisa 11 do Vitória recebeu bola sozinho pela esquerda e ficou frente á frente com o goleiro Diónatan. Na hora de finalizar, porém, Dinei chutou para fora.

Três minutos depois, foi a vez de William errar o chute. Após grande jogada de Mansur pela esquerda, William recebeu a bola na área sem marcação mas errou o alvo, chutando á esquerda do gol do Ceará. 

A pressão baiana continuou durante todo o primeiro tempo, mas o Ceará não deixou barato, fechou a defesa, deixou o jogo truncado na segunda metade do primeiro tempo e quase marcou em cobrança de falta do meia Leandro Chaves e com Mota, de cabeça, aos 36 minutos de jogo.

Mas a festa da torcida do Vitória, que lotou o Barradão, embalou a equipe rubro-negra e levou ao primeiro gol do jogo. No contra-ataque, William saiu sozinho de frente ao gol do Ceará e, com tranquilidade, abriu o placar, levando a torcida à loucura e dando moral ao Vitória para o segundo tempo.

Com a vitória parcial, o time rubro-negro começou a segunda etapa mais tranquilo.. Já o Ceará, apresentoudesempenho melhor do que na primeira etapa e quase empatou o jogo. Aos, quatro minutos, Heleno desviou cobrança de escanteio de cabeça na primeira trave do Vitória, mas Deola estava atento e fez bela defesa.

Aos 18 minutos da segunda etapa, porém, o Ceará viu mais uma dificuldade aparecer na busca por um empate. Em contra-ataque do Vitória, Jaílton parou Willie com falta dura, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Na cobrança, Pedro Ken chutou forte mas mandou a bola para fora.


Com um a menos em campo, o Ceará fechou-se ainda mais na defesa, mas contou com um gol contra de Victor Ramos para criar novas esperanças no jogo. os 35 minutos, o zagueiro do Vitória desviou bola alçada na área, enganou o goleiro Deola, e marcou o gol de empate do Ceará, calando o Barradão e deixando a torcida aflita até o fim da partida.

Mesmo assim, os torcedor rubro-negro pôde comemorar no fim da partida. Com o empate, o time baiano somou 71 pontos na tabela e garantiu o acesso à série a do Brasileiro em quarto lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário