Coluna "Sentimento de Fã", por Ramon Rodrigues

terça-feira, 30 de abril de 2013

# Episódio 11 (Abril/2013): Encontro com Ivete Sangalo


Se você pudesse ter um encontro com Ivete Sangalo, como você aproveitaria? Seria seu primeiro encontro com ela? Seria o seu terceiro? Quinto? Não importa, o negócio é deixar a imaginação falar, mas vou estipular condições a vocês, vamos brincar!

Primeira opção: Se você tivesse um encontro com Ivete Sangalo que durasse cerca de 50 minutos, tempo de duração do show dela no Axé Brasil, em Belo Horizonte. Seria um encontro incrível, não acha? Cheio de energia, empolgação, e com o detalhe do vestido rosa, que ficou lindo na cantora! Mas tem um porém. Você seria obrigado a dividir Ivete com Marcio Vitor, vocalista da Psirico, que teve problemas com sua apresentação no evento. Tudo bem pra você? Ou você é daqueles fãs egoístas, que não gostam de dividir a cantora com ninguém?

Segunda opção: Se você tivesse um encontro com Ivete Sangalo que durasse quase o dobro do tempo do Axé Brasil: uma hora e 20 minutos, que é o tempo de duração do "Encontro com Fátima Bernardes", programa que ela participou hoje. Seria um encontro calmo, com muita conversa sobre vários tipos de assunto, risadas descontraídas e um pouco de música, além da marcha lenta e da calmaria que o período da manhã pede. Seria esse o seu encontro perfeito com a baiana?

Terceira opção: Se você tivesse um encontro com Ivete Sangalo que durasse cerca de cinco HORAS, que é o tempo que costuma durar um desfile dela nas micaretas pelo Brasil, como a micareta de Alagoinhas e como o PE Folia? Seria um encontro bastante agitado, afinal de contas, o local do encontro anda e vive rodeado de pessoas e de muito barulho. Você não ia conseguir falar direito com ela, mas, em compensação, estaria pertinho dela. Vendo que ela existe e que espalha amor por onde passa! Esse encontro é perfeito para um fã que se contenta com qualquer contato com ela, por mínimo que seja. Você é esse tipo de fã? Se sim, esse é o seu encontro perfeito.

O bom, e o bonito, de todos esses encontros possíveis (ou impossíveis) é saber que Ivete sempre consegue fazer com que as pessoas aproveitem o máximo dela nessas ocasiões. Porque ela sabe que as pessoas estão ali para vê-la. E que sem ela, não teria graça. Ela sabe que as pessoas estão ali para gritar pra ela "Eu te amo!", "Sou muito seu fã!", "Você me coloca pra cima!" "Gostooooooooosa!". E é por isso que a amamos. Porque ela sabe dar valor ao sentimento do ser humano. Poque ela é danadinha e consegue assimilar e repassar esse sentimento que é tão bonito. O sentimento de fã.




Ramon Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário