Ivete Sangalo faz declaração polêmica no "Superstar" e é mal interpretada

terça-feira, 15 de abril de 2014

No programa "Superstar" do último domingo (13), Ivete Sangalo deixou as brincadeiras de lado e resolveu falar sério ao votar "não" para a banda Trio Violada, que estava se apresentando no momento. Como os outros dois jurados, Fábio Júnior e Dinho Ouro Preto, também votaram "não", e o público deu os 70% de aprovação que a banda precisava, o Trio foi aprovado e os três tiveram que decidir com quem a banda ia ficar. Ivete brincou, indo para debaixo da bancada e incentivando o público a gritar por Fábio Júnior.


Ao voltar para o seu lugar, Ivete justificou seu voto negativo, e sua brincadeira: "Ao mesmo tempo que tenho argumentos contra, posso usar esses argumentos pra dizer algo a favor. Eu não gosto dessa coisa de letras repetitivas (de música para música, de artista para artista) que vemos hoje no gênero sertanejo. 'Vamo pra balada. Balada, balada, balada (em todas as músicas)...' Votei 'não' pela composição, que não achei boa, e pela afinação, que tem algumas coisas ali a serem ajustadas. Mas se quiserem que eu seja madrinha, podem vir!", disse ela, que foi escolhida como madrinha da banda.

Imediatamente muitas pessoas não interpretaram bem o que ela disse, dizendo que muitas das suas músicas também contém partes que se repetem (em uma única música). E falaram com razão, já que em "Dançando", por exemplo, a palavra em si é dita treze vezes no refrão. Mas teriam total razão se o que Ivete falou tivesse realmente este sentido. A hashtag #NãoGostoDeLetrasRepetitivas foi parar nos TT's do Twitter.



Para o bem, ou para o mal, falaram de Ivete. E para um bom marketing, é isso que importa.


Equipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário