No Dia da Sogra, Fernanda Lima e Ivete Sangalo se imaginam no papel

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Fernanda Lima com mãe e sogra (Foto: Camila Serejo/SuperStar)


Para muitas pessoas, a palavra sogra chega a causar calafrios. Sorte que não é o caso, muito pelo contrário, das musas Fernanda Lima e Ivete Sangalo. Em plena sintonia com a mãe de seus respectivos maridos, hoje, no Dia da Sogra, a apresentadora e a jurada do SuperStar confessam algumas vantagens por terem a sogra como aliada.




Segundo Fernanda, Dona Suzete, que recentemente veio de Santa Catarina para prestigiá-la no reality musical, é uma grande parceira até na hora de puxar a orelha do filho, o também apresentador Rodrigo Hilbert. "Ela é muito fofa, prendada e cuida de mim como se fosse filha dela. Ela me ajuda a dar bronca no Rodrigo”, a apresentadora conta.
Ivete faz coro com a gaúcha e também é só elogios para a sogra, Dona Marise. "Ela é ótima! Eu achei uma sogra que é otorrinolaringologista. Para uma cantora ter uma sogra otorrino é sopa no mel (risos). Ela está sempre ali me ajudando e é uma querida. Vou aproveitar e mandar um beijo pra ela. Beijo, Marise, estamos juntas!", diz, com um enorme sorriso no rosto, a baiana.
Ivete Sangalo convida público para 4ª Audição e disputa pelas últimas seis vagas (Foto: Dafne Bastos/TV Globo)
Com exemplos de sogras bacanas em casa, como será que Fernanda e Ivete serão quando chegar a vez delas de ocuparem o posto de sogras em vez de noras? A loira, que é mãe dos gêmeos João e Francisco, de seis anos, garante que vai ser uma sogra "mara", mas com algumas condições. "Bom, se os meus filhos escolherem noras bacanas, inteligentes, discretas, sensíveis e elegantes, eu vou ser uma sogra “mara”. Vou ser parceira total e fazer de tudo para ajudar. Agora, se eles escolherem moças loucas, que gostam da noite, que bebem descaradamente, aí eu vou fazer de tudo para separar a relação e vou ser aquela sogra bem chata! Ai que horror! Mas a gente quer o melhor para os filhos e espero que eles saibam escolher bem", brinca Lima.
Não sei garantir se vou ser boa sogra"
Ivete
Ivete é mãe de Marcelo, de quatro anos, e já pensa em uma maneira de deixar o filho mais à vontade quando ele começar a namorar: "Não sei garantir se vou ser boa sogra, mas para o bem do meu filho, eu vou proporcionar dentro de casa um ambiente dele, tipo um mini apartamento, para que ele não precise sair de casa. Toda mãe que quer a felicidade do filho é uma boa sogra. Eu acho, né? Tomara que eu seja".

Nenhum comentário:

Postar um comentário