Ivete Sangalo defende Seleção e vê “sentimento de amor” como legado

sábado, 12 de julho de 2014

Coletiva FIFA - Ivete Sangalo (Foto: Cintia Barlem)


A cantora Ivete Sangalo, uma das estrelas da cerimônia de encerramento da Copa do Mundo, neste domingo, no Maracanã, participou neste sábado de uma entrevista coletiva com os demais artistas que participarão do evento – nomes como Shakira, Wyclef Jean, Carlinhos Brown, Carlos Santana e Alexandre Pires. A baiana se manifestou sobre o que o Mundial pode deixar ao povo brasileiro. E defendeu a Seleção após o vexame contra a Alemanha.

- Em algum momento nos falta essa ou aquela força: "O que vou fazer agora?". A todos falta. E condenar por não fazer o que nós esperávamos não é uma derrota. Nunca se viu uma Copa no Brasil com essa pressão, esse teor. Estava como uma obrigação. A gente queria que tivesse chegado, mas há que reconhecer nossas vitórias. Nós somos penta. Quem mais é penta? Nós já conseguimos muitas coisas - disse ela.

Para Ivete Sangalo, a maior conquista originada na Copa do Mundo, para os brasileiros, é o sentimento de amor ao país florescido no torneio. 

- Não acho que o Brasil volta ao normal na segunda-feira. Ele continua sendo o Brasil, e eu espero que ele se transforme na segunda-feira e em todo o sempre. Como legado físico, espero que a gente possa usufruir disso. Acima de tudo, depois da Copa do Mundo, sente-se um sentimento de amor ao nosso país, dentro dessa coisa efusiva que a Copa do Mundo proporciona. Acende-se a paixão por seu país, e a evolução vem disso. O povo brasileiro é uma coisa só. Espero, como brasileira, que essa consciência seja uma torcida pelo país como um todo. O sentimento de cada um é refletir sobre sua função como cidadão nessa sociedade, deixando o Brasil em uma situação privilegiada. 
Ivete acredita que o governo poderá encontrar suas formas de aproveitar a Copa. E sustentado por um novo sentimento popular, na visão dela.

- A gente sabe o caminho. A gente sabe como fazer. Isso deve ter uma corrente ininterrupta.
Coletiva FIFA - Ivete Sangalo (Foto: Cintia Barlem)
Alemanha e Argentina decidem a Copa do Mundo às 16h deste domingo no Maracanã. Ivete, ao lado dos colegas de palco da cerimônia de encerramento, foi ao gramado do estádio posar para fotos. Antes, não quis dar preferência entre as duas seleções.

- Meu palpite é que vamos cantar lindo. Não tenho palpite, não. Difícil...
Shakira, Ivete Sangalo, Carlinhos Brown e Alexandre Pirez gramado do maracanã (Foto: Alexandre Alliatti)

Nenhum comentário:

Postar um comentário