Coluna "Sentimento de Fã", por Ramon Odriguez

domingo, 1 de fevereiro de 2015


#Episódio 29 (Janeiro/2015): Você já foi à Bahia? Eu já!

Hoje faz uma semana que voltei da Bahia. Vim pro Rio de Janeiro com muuuuuuita saudade no peito e com a vontade de voltar lá assim que eu puder. Tive a oportunidade de ver o show de Ivete Sangalo no Festival de Verão 2015 com os meus três irmãos que compõem comigo a Equipe do Bem do Estação e foi um momento mágico!

Mas não é de mim que vim falar. Vim falar de vocês. Isso, vocês mesmos, os fãs. Afinal de contas tento reproduzir aqui o sentimento que cada fã sente diante dos grandes momentos da vida de Ivete. Alguém aí se lembra da confirmação da cantora no Rock In Rio USA? Que orgulho, minha gente! Saíram pipocando pela casa, né? Ivete, a única brasileira confirmada até agora no evento. Assim como no Festival de Verão, no qual Ivete é a única a participar de todas as edições. 

Quem já teve a foto postada na Central de Fãs? A nossa foi parar lá pela primeira vez! Estávamos no ônibus quando descobrimos e não podíamos sair pipocando de felicidade! (risos) Comemoramos de uma forma muito sincera, porém mais comedida. Esse entusiasmo todo que ela provoca na gente, essa exclusividade que ela tem nos eventos, esses recordes todos que ela possui são pouca coisa comparados à simplicidade dessa "menina-mulher".

Sempre preocupada com quem assiste ao seu show, Ivete interrompeu a apresentação até que todos ficassem "de boa" no Reveillón de Salvador, sem brigas. Pouco antes de fazer seu show no Planeta Atlântida, Ivete atendeu a todos na porta do hotel. Seu vídeo cantando uma musiquinha um tanto peculiar caiu na internet e circula pelo "zap zap" afora, além de dividir opiniões. Ivete botou pra dentro do camarim uma fã que levou uma faixa ao Festival de Verão. Ainda no Festival, a criatura me pega um urso de pelúcia jogado por um outro fã e faz como na "Dança dos Famosos". 

Como não ter orgulho de um ser humano que é grandioso e ao mesmo tempo é tão simples? Acredito que esse é o segredo. Estar "Pronta Pra Divar" por mais que seja um "divar" apenas com o que se tem por dentro. E mesmo que não tenhamos ingresso, cortesia, abadá, convite, pulseirinha pra estarmos colados, Ivete é digna de um apoio incondicional, mesmo que de longe, de quem impulsiona a carreira dela: nós mesmos, os fãs.

Voltando a falar de mim, só sei que voltei da Bahia há exatamente uma semana. Graças à Deus posso carregar comigo um pouco desse lugar maravilhoso todos os dias, até que a próxima viagem não nos separe, nos una cada vez mais por dois únicos motivos: o amor que cultivamos uns com os outros e, claro, nossa Ivete Sangalo.


Ramon Odriguez

Nenhum comentário:

Postar um comentário